Logo HSC-01

Previsões de Cibersegurança para o Futuro: Protegendo o Mundo Digital

A segurança cibernética é um campo em constante evolução, e as previsões para o futuro revelam as tendências e desafios que nos aguardam. Segundo o Gartner, uma das principais empresas de consultoria e pesquisa de mercado, várias mudanças significativas estão à frente.

Neste artigo, exploraremos as oito principais previsões de cibersegurança o Gartner, que abrangem regulamentações de privacidade, adoção de controles de segurança, impacto financeiro dos incidentes, cultura de resiliência organizacional e muito mais. Vamos entender como essas previsões estão moldando o cenário da cibersegurança e o que podemos esperar para proteger o mundo digital.

Principais tópicos deste artigo

Regulamentações de privacidade

Uma das previsões do Gartner é que até o final de 2023, as regulamentações de privacidade abrangerão as informações pessoais de 75% da população mundial. Essas regulamentações visam proteger a privacidade dos indivíduos e estabelecer diretrizes claras para a coleta, uso e armazenamento de dados pessoais. É fundamental que as organizações estejam em conformidade com essas regulamentações, implementando medidas de segurança adequadas e garantindo a transparência em relação ao tratamento dos dados pessoais dos usuários.

Programa de segurança cibernética

Gartner prevê que até 2024, as organizações que adotarem um programa de segurança cibernética reduzirão o impacto financeiro dos incidentes de segurança em uma média de 90%. Investir em programas abrangentes de segurança cibernética é essencial para proteger as empresas contra ameaças em constante evolução. Isso inclui a implementação de controles de segurança avançados, monitoramento proativo, treinamento de conscientização para os funcionários e resposta eficiente a incidentes. Os programas de segurança cibernética devem ser uma prioridade estratégica para as organizações, com o envolvimento da alta administração e alocação adequada de recursos.

Secure Web Gateway

Outra previsão é que até 2024, 30% das empresas adotarão controles de segurança como Secure Web Gateway, Controle de Acesso em Cloud, Zero Trust Network Access e Firewall as a Service.

Esses controles fornecem uma camada adicional de proteção para os sistemas e dados das organizações. O Secure Web Gateway ajuda a proteger contra ameaças na web, enquanto o Controle de Acesso em Cloud garante o acesso seguro aos recursos na nuvem. A abordagem Zero Trust Network Access (Acesso Baseado em Confiança Zero) redefine a segurança, exigindo autenticação e autorização em todos os níveis de acesso. Já o Firewall as a Service oferece uma solução baseada em nuvem para proteção de rede.

Risco de segurança cibernética em acordos comerciais

Até 2025, 60% das organizações levarão o risco de segurança cibernética como principal determinante na condução de acordos comerciais. O reconhecimento do risco de segurança cibernética como um fator-chave nas negociações comerciais destaca a importância de garantir a proteção dos dados e sistemas. As empresas estão cada vez mais conscientes de que parceiros comerciais e fornecedores devem cumprir altos padrões de segurança cibernética. A avaliação e mitigação do risco cibernético tornam-se elementos essenciais nas negociações e podem influenciar a seleção de parceiros comerciais.

Seu free trial começa aqui

Regulamentação de pagamentos e negociações de Ransomware

Uma previsão alarmante do Gartner é que até o final de 2025, 30% dos governos regulamentarão pagamentos e negociações de Ransomware, em comparação com menos de 1% em 2021.

Ransomware tem sido uma das principais ameaças cibernéticas, com ataques cada vez mais sofisticados e impactos devastadores. A regulamentação desses pagamentos e negociações busca desestimular o pagamento de resgates e dificultar a lucratividade desses ataques. As empresas devem estar preparadas para lidar com esses incidentes, implementando medidas preventivas, como backups regulares, segurança robusta e planos de resposta a incidentes.

Comitê de segurança cibernética nos conselhos de administração

Até 2025, o Gartner prevê que 40% dos conselhos de administração terão um comitê de segurança cibernética dedicado, supervisionado por um membro qualificado do conselho. Isso destaca a importância crescente da cibersegurança nas estratégias de negócios. Os conselhos de administração devem estar ativamente envolvidos na supervisão das iniciativas de segurança cibernética, entendendo os riscos e tomando decisões informadas. A nomeação de um membro qualificado do conselho para supervisionar o comitê de segurança cibernética demonstra o compromisso em garantir a proteção dos ativos digitais e a resiliência organizacional.

Cultura de resiliência organizacional

Outra previsão importante da Gartner é que até 2025, 70% dos CEOs exigirão uma cultura de resiliência organizacional para sobreviver a ameaças cibernéticas. Uma cultura de resiliência organizacional envolve a conscientização, preparação e resposta eficaz a ameaças cibernéticas. Isso requer o envolvimento de todos os níveis da organização, desde os líderes até os funcionários. A segurança cibernética não deve ser apenas uma preocupação dos especialistas, mas sim uma responsabilidade compartilhada por todos. Investir em treinamento de conscientização, testes de segurança e implementação de políticas adequadas é essencial para criar uma cultura de resiliência organizacional.

Avanço da capacidade dos agentes de ameaças

Uma previsão preocupante da Gartner é que até 2025, os agentes de ameaças terão infraestrutura de tecnologia operacional com capacidade suficiente para causar baixas humanas. Os cibercriminosos estão se tornando cada vez mais sofisticados e têm como alvo não apenas dados e sistemas, mas também a segurança física das pessoas. Esse avanço destaca a importância de combater as ameaças cibernéticas de forma proativa e implementar medidas robustas de segurança em todos os níveis. As organizações devem adotar uma abordagem holística de segurança, protegendo não apenas os dados, mas também as vidas das pessoas.

 

As previsões de cibersegurança para o futuro destacam os desafios emergentes e a necessidade de uma abordagem proativa para proteger o mundo digital.

À medida que as regulamentações de privacidade aumentam, as empresas devem se adaptar para garantir a conformidade.

Programas de segurança cibernética abrangentes e controles avançados são essenciais para reduzir o impacto financeiro dos incidentes.

A cultura de resiliência organizacional e a participação dos conselhos de administração são fundamentais para enfrentar as ameaças cibernéticas. É crucial que as organizações estejam preparadas para enfrentar o aumento da sofisticação dos agentes de ameaças. Proteger o mundo digital requer ações coordenadas e investimentos adequados em segurança cibernética.

Este artigo abordou as principais previsões de cibersegurança para o futuro, fornecendo insights sobre as tendências e desafios que moldam o mundo da segurança digital.

Com as ameaças cibernéticas em constante evolução, é crucial que as organizações estejam preparadas e adotem medidas proativas para proteger seus ativos digitais. Mantenha-se atualizado com as últimas tendências e melhores práticas de segurança cibernética para garantir a segurança do mundo digital em constante mudança.

Proteja-se, proteja seus dados e ajude a construir um ambiente online seguro e resiliente para todos.

Seu free trial começa aqui

Newsletter